O que é Ansiedade?

Ansiedade é o termo genérico para diversos transtornos que causam nervosismo, medo e preocupação. Estes transtornos afetam o jeito que sentimos e nos comportamos, podendo apresentar sintomas físicos reais.

As pessoas geralmente vivenciam momentos de preocupação e medo antes de enfrentar alguma situação desafiadora como um teste, exame, apresentação pública ou entrevista. Estes sentimentos são justificados e podem ser considerados naturais. A ansiedade é considerada um problema quando os sintomas atrapalham o sono ou alguma função do cotidiano da pessoa.

Os transtornos de ansiedade podem ser por classificados diversos tipos específicos como por exemplo:

Transtorno de Ansiedade Generalizado

O Transtorno de Ansiedade Generalizado é um transtorno crônico caracterizado pelo demasiado e longo sentimento de ansiedade e preocupação sobre eventos, situações ou objetos não específicos. As pessoas que sofrem deste transtorno geralmente sentem medo e preocupação sobre a saúde, dinheiro, família, trabalho ou escola, mas elas também a dificuldade em identificar o medo específico e controlar as preocupações. Tais pessoas esperam pelo pior, acreditando que irão falhar ou que algum disastre irá acontecer ao ponto de tal crença afetar suas funções cotidianas no trabalho, na escola, nas atividades sociais e nos relacionamentos.

Transtorno do Pânico ou Síndrome do Pânico

Transtorno do Pânico, ou Síndrome do Pânico como é mais conhecido, é um tipo de ansiedade caracterizado por breves ou repentinos ataques de intenso terror e apreensão que culminam em tremores, confusão mental, tontura, náusea e dificuldade para respirar. Os ataques de pânico costumam surgir repentinamente e alcançar seu pico depois de 10 minutos, mas em alguns casos podem durar horas. Os transtornos de pânico geralmente ocorrem depois de se passar por experiências assustadoras ou por um estresse prolongado, mas podem acontecer espontaneamente também. Um ataque de pânico pode deixar o indivíduo hiper-sensível a qualquer mudança natural na função do corpo, podendo interpretar tal mudança como sinal de uma doença mortal. Além disso, os ataques de pânico podem deixar a pessoa receosa de ataques futuros, resultando em mudanças drásticas de comportamento para evitar tais ataques.

Fobia

Fobia é um medo irracional de um objeto ou situação. As fobias são diferentes dos transtornos de ansiedade generalizados porque uma fobia tem a reposta de medo identificada com uma causa específica. O medo pode até ser considerado irracional ou desnecessário para a pessoa, mas ela mesmo assim é incapaz de controlar a ansiedade resultante de tal estímulo. Os estímulos associados à fobia podem ser dos mais variados como situações específicas, animais ou objetos do dia a dia. Por exemplo, agorafobia ocorre quando alguém evita locais ou situações onde há muitas pessoas com medo de sofrer ansiedade ou ataques de pânico.

Transtorno Ansioso Social

O Transtorno Ansioso Social, conhecido também como fobia social ou sociofobia, é caracterizado pelo medo de ser negativamente julgado pelas pessoas ou pelo medo de sofrer humilhação pública por agir impulsivamente. Este transtorno  pode fazer com que a pessoa evite contextos públicos e interações sociais.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo

O Transtorno Obssessivo-Compulsivo é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos ou ações que são repetitivas, desgastantes e intrusivas. As pessoas que sofrem deste transtorno geralmente sabem que suas compulsões são irracionais, mas servem para aliviar a ansiedade. Muitas vezes, a lógica que quem vivencia este transtorno vai parecer supersticiosa, como por exemplo, a insistência em andar de uma determinada maneira.

Transtorno de Estresse Pós-traumático

O Transtorno de Estresse Pós-traumático é o sentimento de ansiedade que surge após a vivencia de algum trauma como estupro, assalto ou algum sério acidente. Este transtorno pode geralmente ocasionar em flashbacks e mudanças comportamentais para evitar certos estímulos.

Transtorno de Ansiedade de Separação

Este transtorno é caracterizado por um alto nível de ansiedade quando separado de alguma pessoa ou lugar que provém sentimentos de segurança ou conforto. Algumas vezes a separação resulta em pânico, e é considerada um transtorno quando a resposta é exagerada e inapropriada.

Se você gostou do artigo Curta, Comente, Compartilhe e Vote logo abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading ... Loading ...

Comments

  1. Zélia Faria

    EStive a ler o artigo sobre a ansiedade e deparei-me com o “Transtorno Ansioso Social”. Gostaria de obter algumas opiniões no sentido de prevenir ou combater este sintoma… muito obrigada.

  2. Barbara Monique Lins Quwiroz

    Tive sindrome do pânico e hj ainda tenho crises de ausencias e mente confusa, tomo remédios pois faço esse tratamento a 7 anos.Sou ansiosa demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>